(31) 3218-1300 – Doação / (31) 3241-1358 – Transfusão

Orientações ao candidato à doação de sangue

Para efetuar a doação é obrigatório:

  1. Apresentar documento de identificação emitido por órgão oficial com fotografia;
  2. Peso acima de 50 Kg;
  3. Idade entre 16 e 69 anos (a primeira doação de sangue só é possível até os 60 anos de idade / entre 16 e 18 anos também podem doar, porém precisam da autorização por escrito dos pais ou responsável) Clique aqui para imprimir ;
  4. Não estar em jejum - Doação pela manhã: tomar café da manhã reforçado, evitando alimentos gordurosos / Doação a tarde: intervalo de 3 horas entre o almoço e a doação - evite o consumo de alimentos gordurosos antes da doação;
  5. Não ingerir bebida alcóolica 12 horas antes da doação de sangue;
  6. Ter dormido no mínimo, 05 horas na noite anterior à doação;
  7. Ingerir bastante líquido nos dias que antecedem a doação. 

FREQUÊNCIA DAS DOAÇÕES:

✓ 04 doações anuais para homens.
✓ 03 doações anuais para mulheres.

INTERVALO ENTRE AS DOAÇÕES:

✓ 02 meses para homens
✓ 03 meses para mulheres

QUEM NÃO PODE DOAR

  • Fez ou faz uso de drogas ilícitas;
  • Fez piercing nos ultimos 12 meses;
  • Fez tatuagem ou maquiagem definitiva nos ultimos 6 a 12 meses;
  • Ter se submetido à procedimentos cirúrgicos - informe-se pelos telefones (31) 3218-1300 ou (31) 3218-1301;
  • Mantém ou manteve contato sexual com pessoas portadores de HIV, ou outra infecção transmissível pelo sangue nos últimos 12 meses;
  • Teve hepatite B e C - Se teve hepatite A antes dos 11 anos de idade, pode doar. Após os 11 anos de idade pode doar, desde que esteja munido de exame laboratorial comprovante;
  • Tem vários parceiros ou mantém relações sexuais com prostitutas ou garotas de programas;
  • Passagem por zona endêmica de malária - informe-se pelos telefones (31) 3218-1300 ou (31) 3218-1301;
  • Homens que mantiveram relações sexuais com outros homens e as parceiras sexuais destes;
  • Parceiros sexuais de paciêntes que fazem hemodiálise e de paciêntes com história de transfusão sangüínea nos últimos 12 meses;
  • Já foi presidiário ou morou em comunidade fechada (ex.: recuperação de drogas, FEBEM), nos últimos 12 meses;
  • Já recebeu transfusão de sangue ou derivado nos últimos 12 meses;
  • Ter apresentado diarréia prolongada, tosse persistente, febre constante, emagrecimento sem causa aparente, lesões de pele;
  • Estiver em tratamento dentário;
  • Estiver com sintomas gripais (coriza, garganta raspando, tosse e febre);
  • Tem ou teve doença sexualmente transmissível nos últimos 12 meses;
  • Alterações na tireóide é critério de inaptidão para a doação de sangue;
  • Ter sido submetido à exames de endoscopia, colonoscopia e fibrolaringoscopia nos últimos 6 meses;
  • Alguns medicamentos não impedem a doação de sangue - informe-se pelos telefones (31) 3218-1300 ou (31) 3218-1301;
  • Maior detalhamento e outras condições para a doação de sangue serão avaliados na Triagem Clínica antes do procedimento.

ESTAMOS À DISPOSIÇÃO PARA ESCLARECIMENTOS DE DÚVIDAS PELOS TELEFONES:(31) 3218-1300 / (31) 3218-1301. 

ORIENTAÇÕES E CUIDADOS APÓS A DOAÇÃO:

 

  • Comprimir vigorosamente o local de punção venosa;
  • Não dobrar o braço;
  • Evitar esforços como levantar-se rapidamente, correr, subir escadas, carregar peso;
  • Orientamos aguardar, pelo menos, uma hora antes de dirigir;
  • Aumentar a ingestão de líquido no dia da doação;
  • Após a doação, aguarde 12 horas para a ingestão de bebida alcoolica;
  • Se apresentar alguma reação após a doação, (ex. tontura, suor, mal estar, náusea, embaçamento da visão, assentar ou deitar até melhora dos sintomas e contatar o Hemoservice;
  • A partir de 20 dias após a doação, os exames sorológicos estarão disponíveis e podem ser apanhados;

DIREITOS DOS CANDIDATOS À DOAÇÃO DE SANGUE

  1. Ser tratado com dignidade, respeito, dedicação por todos os funcionários do Hemoservice, sem qualquer forma de preconceito ou discriminação;
  2. Ter oportunidade de fazer todas as perguntas que julgar necessárias para esclarecer as dúvidas a respeito do procedimento e negar seu consentimento, se julgar o mais conveniente;
  3. Ser orientado sobre o Termo de Consentimento Informado para Doação Espontânea de Sangue Consentir ou recusar a doação de sangue de forma livre e voluntária após esclarecimento e adequada informação;
  4. Ser identificado pelo seu nome e sobrenome ou seu nome social e não pelo seu número de identificação, número de doação, número de doador ou qualquer código;
  5. Os portadores de necessidades especiais devem ter acesso à doação de sangue, segundo as normas gerais para doação de sangue, proporcionando condições de entendimento na triagem clínica e outras medidas que se fizerem necessárias;
  6. Identificar as pessoas envolvidas em seu atendimento por meio de crachás legíveis posicionados em local de fácil visualização;
  7. Ter sua privacidade, individualidade e integridade física assegurada em qualquer momento do atendimento;
  8. Ter assegurado o direito à confidencialidade de suas informações através do sigilo ético profissional de todos os profissionais do Hemoservice antes, durante e depois do processo de doação de sangue;
  9. Ter acesso exclusivo e sigiloso aos resultados de exames realizados no sangue doado;
  10. Receber informações e orientações claras e objetivas sobre o processo da doação, os riscos associados à doação, os cuidados após a doação, o motivo e período da inaptidão clínica, os testes que serão realizados em seu sangue, dentre quaisquer outras dúvidas que surgirem durante o atendimento;
  11. Ter acesso a material informativo sobre as condições básicas para doação de sangue e sobre as infecções transmissíveis pelo sangue;
  12. Manifestar sua opinião sobre a qualidade do atendimento prestado através do preenchimento da pesquisa de satisfação;
  13. Apresentar sugestões, elogios e reclamações à empresa, sendo respeitada a sua privacidade, o sigilo e o caráter confidencial;
  14. Ter acesso ao código de defesa do consumidor, solicitando-o na Recepção para consulta sempre que necessário.

DEVERES DOS CANDIDATOS À DOAÇÃO DE SANGUE

  1. Apresentar documento oficial com fotografia para cadastro do doador no serviço;
  2. Fornecer informações completas, precisas e fidedignas sobre seus hábitos de vida, doenças prévias, procedimentos médicos pregressos, uso de medicações e demais situações relacionadas à sua saúde que possam ter impacto tanto na doação quanto no receptor;
  3. Realizar a doação de sangue de forma voluntária, anônima (sem vínculo com qualquer receptor) e altruísta, não almejando qualquer remuneração ou benefício em virtude de sua realização;
  4. Observar e colocar em prática todas as recomendações e instruções que lhe foram transmitidas pelos profissionais durante seu atendimento zelando pela sua saúde;
  5. Não tocar/manipular o acesso venoso estabelecido ou quaisquer outros equipamentos;
  6. Respeitar os direitos dos demais candidatos e doadores, funcionários e prestadores de serviço, que deverão ser tratados com cortesia;
  7. Responsabilizar-se pelos seus atos quando da recusa em receber tratamento em caso de reação adversa ou seguir orientações sobre os cuidados pós doação de sangue;
  8. Deixar seus pertences com pessoa de sua confiança ou trancados em armários disponibilizados durante seu atendimento;
  9. Informar ao Hemoservice caso apresente febre, diarreia, vômitos, dor de cabeça intensa em até sete dias após a doação de sangue;
  10. Estar adequadamente trajado e não estar descalço nas dependências do serviço;
  11. Manter o celular no modo silencioso ou desligado durante o seu atendimento.
  12. Comunicar na recepção caso esteja portando arma de fogo.

Referências legais:

Constituição da República Federativa do Brasil.
Código Civil Brasileiro (Lei 10.406 de 10.01.2002)
Código de Proteção e Defesa do Consumidor (Lei 8078, de 11.09.1990)
Declaração Universal dos Direitos Humanos
Estatuto do Idoso (Lei 10741, de 01.10.2003)

 

Onde doar?

Notícias

RUA CEARÁ, 195 – TÉRREO
SANTA EFIGÊNIA – BELO HORIZONTE
(31) 3218-1300