(31) 3218-1300 – Doação / (31) 3241-1358 – Transfusão

Sobre a Remuneração

A transferência de sangue para os hospitais caracteriza uma prestação de serviço à saúde de toda a população. Os custos inerentes ao trabalho que um banco de sangue realiza são relativos aos procedimentos adotados para que o sangue chegue em perfeitas condições aos hospitais.  Não se trata de um comércio de sangue, como muitos pensam. Estamos falando dos custos operacionais desse processo, que são regulamentados de acordo com as instruções técnicas da Associação Médica Brasileira, citadas abaixo, que constam na CBHPM (Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos), no que diz respeito a medicina Transfusional:

“Instruções Técnicas da Associação Médica Brasileira

1- O sangue humano, não sendo objeto de comercialização deverá ser suprido pelos familiares, amigos do paciente beneficiado pela transfusão e pela comunidade em geral. Os custos decorrentes da transfusão são referentes ao processamento e procedimentos realizados.

2- Por processamento entende-se o recrutamento de doadores, seu cadastramento, exame médico, avaliação de hematócrito e/ou hemoglobina, coleta e lanche do doador, além da determinação do grupo sanguíneo ABO Rh e pesquisas de anticorpos irregulares na unidade coletada. E ainda o fracionamento do sangue em componentes hemoterápicos.

3- Por procedimento entende-se todos os exames pré-transfusionais realizados como determinação do grupo sanguíneo ABO e Rh e pesquisas de anti corpos irregulares no sangue do receptor, prova de compatibilidade, reações sorológicas e taxas de utilização de materiais descartáveis para coleta de amostra.” 

Onde doar?

Notícias

RUA CEARÁ, 195 – TÉRREO
SANTA EFIGÊNIA – BELO HORIZONTE
(31) 3218-1300